De todos os anos este foi o mais corrido de todos. A cada ano fica mais corrido, com mais responsabilidades e problemas pra resolver, e este é com certeza o ponto fraco de ficar mais velha. Um ano cheio: Ensino Médio, vestibular, novas amizades, viagem, tudo muito complicado. Um turbilhão de novidades e eu me encontro perdida em meio a isso tudo sem saber aonde ir. Seguir o fluxo ou ir contra a correnteza? Esperar ou fazer agora? Pensar mais e agir menos ou agir mais e pensar menos? Em um mundo tão objetivo tudo tem sido subjetivo pra mim. “E se? E se tudo fosse diferente? Vai que ele não é tão maldoso assim?”. Sempre gostei de formular hipóteses incoerentes com a realidade. Pisciana. Isso me descreve. Em um mudo tão conturbado eu me vejo tão pisciana, afinal, vou ter que sofrer com a vida e destruir meus pequenos sonhos. Mas, e se?

Anúncios